Adeus Celulite!

Nutricionista Cássia GivegierPor:
Categoria : Dicas da Nutricionista | 03/03/2015 | Seja o 1º a comentar!

Print Friendly, PDF & Email

O assunto de hoje será a Lipodistrofia Ginoíde, mais popularmente conhecida como celulite, um problema que atinge mais de 50% das mulheres brasileiras.

A celulite é uma alteração causada pelo acúmulo de gordura, água e toxinas nas células, fazendo com que essas células fiquem cheias e endurecidas, deixando o local com desníveis (ondulações e retrações) e nódulos, que se manifesta externamente através dos furinhos indesejados. É causada por alterações no tecido gorduroso sob a pele, em conjunto com alterações na microcirculação e consequente aumento do tecido fibroso.

Todas nós, mulheres, sabemos como é difícil conviver com elas, pois muitas vezes interferem até mesmo em nossa autoestima.

Existem vários fatores para uma pessoa desenvolver celulite, entre eles o excesso de peso, que é um fator determinante, mas muitas mulheres que tem o peso normal, ou mesmo abaixo do normal, podem apresentar uma alteração no equilíbrio entre a quantidade de gordura do corpo e a massa muscular. Então, uma mulher magra pode ter uma proporção maior de gordura e menor de musculatura, mantendo normal ou baixo o seu peso final. Este excesso de gordura, associado à ação dos hormônios femininos e alterações na microcirculação acabará formando celulite. É importante também lembrar que existem os fatores externos como cigarro, estresse, má alimentação, poluição e falta de exercícios físicos.

Isso mesmo, segundo alguns estudos, a má alimentação é um fator determinante para o aparecimento da celulite.

O que vamos abordar hoje será a alimentação, o que podemos fazer para prevenir e tratar a celulite através de uma alimentação equilibrada. Lembrar que prevenir é sempre o melhor remédio.

Lembre-se sempre, comer mais que o necessário e ter um consumo elevado de gorduras e doces aumenta a síntese e armazenamento de gorduras favorecendo o aparecimento da indesejável celulite. 

O que devemos evitar…

  • Sal em excesso. Salgadinhos, batatas fritas, frios (salame, mortadela, presunto, etc.) também são ricos em sal, que aumenta a retenção de líquidos no organismo.
  • Comer dois alimentos do mesmo grupo. Exemplo: arroz e batata ou frango e carne.
  • Queijos amarelos, chocolates, creme de leite, chantilly, manteiga e frituras. São ricos em gordura.
  • Bebidas alcoólicas, doces e açúcar. 
  • Refrigentes, todos em geral, mas principalmente aqueles a base de cola, evite o máximo que puder. 

Mas se a celulite já estiver instalada, diga um Adeus à ela alimentando-se bem e consumindo alguns alimentos que seguem abaixo:

  • Azeite de Oliva extravirgem: possui ação anti- inflamatória combatendo os edemas causados pela celulite.
  • Verduras verdes escuras: fontes de clorofila, ou seja, desintoxicam o organismo, aposte em sucos verdes.
  • Castanha do Pará: excelente fonte de selênio, importante antioxidante que auxilia no combate ao evelhecimento  celular.
  • Chá de Centella Asiática, chá verde e chá branco: ótimos desintoxicantes e melhoram a circulação.
  • Gengibre: possui ação anti- inflamatória.
  • Frutas vermelhas: morango, framboesa, amora, cranberrymirtilo, goji berry e açaí são antioxidantes e eliminam os radicais livres, que danificam os tecidos.
  • Melão, melância e abacaxi: possui ação diurética e melhoram a circulação.
  • Açafrão: altamente antioxidante, estimula a circulação e ajuda a diminuir o inchaço.

De maneira geral alimente-se bem, consuma muitas frutas, verduras e legumes, sucos verdes e os alimentos que foram citados acima, beba pelo menos de 1,5 a 2 litros de água ao dia. Exercite-se, ou seja, faça atividade física,  procure o auxílio de um educador físico e não leve uma vida sedentária. 

Leia Também

Dicas de lanches saudáveis para as crianças na volta às aulas Com o fim das férias, as crianças voltam à rotina e começa a preocupação dos pais com a alimentação dos filhos. De acordo com o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), o número de crianças e adolescentes obesos no país já c...
A semente de melancia e seus benefícios A melancia é uma fruta consumida por muitos de nós. Além de ser deliciosa e refrescante, possui diversos nutrientes como potássio, fibras, proteínas, vitamina A, vitamina C, cálcio, ferro e magnésio. As sementes de melancia também são bené...
Benefícios da Moringa Moringa Oleífera (Moringaceae) é uma planta comum de regiões como Índia, Paquistão, África, Ásia, América do Sul e Central. A planta pode ser usada como suplemento dietético e vem sendo alvo de muitos estudos científicos. Possui vitaminas ...
Gostou? Então compartilhe este artigo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *