Cálcio e suas fontes alimentares

Nutricionista Cássia GivegierPor:
Categoria : Dicas da Nutricionista | 01/09/2016 | Seja o 1º a comentar!

Quando se pensa em estrutura óssea, dentes, contração muscular e até a circulação sanguínea não podemos nos esquecer do mineral Cálcio.

A  necessidade diária desse mineral varia conforme a idade, chegando a 1.200 miligramas por dia após os 50 anos.

Além dos produtos lácteos (leite, queijo, iogurte), existem diversos alimentos que suprem a necessidade diária de cálcio.

Verduras verde-escuras, gergelim, algas, amêndoas, castanhas de caju, feijão, lentilha, ervilha, grão-de-bico, linhaça, marisco, tofu (queijo de soja), ovos e nozes são ótimas opções para incluir na alimentação.

Entre esses alimentos, o mais concentrado de cálcio é o leite, cada 200ml de leite contém cerca de 240mg de cálcio.

Também é preciso se preocupar com alguns alimentos que prejudicam a absorção do cálcio, como por exemplo: beterraba, espinafre e acelga. Portanto, evite combinar esses vegetais numa mesma refeição.

Para potencializar a ação do cálcio, aumentando sua absorção, temos a vitamina D, ou seja, aquela que é absorvida através do sol, mas também a encontramos nas sardinhas.

Deve-se ressaltar que o excesso de cálcio para o organismo não é bom, pode levar a pedras nos rins, calcificação de tecidos moles e aumento do risco de doenças cardiovasculares.

Consulte sempre um nutricionista para adequar a quantidade diária de cálcio da dieta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *