Por mais temperos naturais na dieta

Nutricionista Cássia GivegierPor:
Categoria : Dicas da Nutricionista | 16/11/2017 | Seja o 1º a comentar!

Print Friendly, PDF & Email

Todos sabem que o sal em excesso é um grande vilão para o coração, pode causar hipertensão arterial, doenças cardiovasculares e sobrecarregar os rins.

Segundo a pesquisa do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), o sal de cozinha é responsável por 71,5% da ingestão de sódio pelo brasileiro. Lembrando que o sal não é só o de cozinha, aqueles nos produtos industrializados e embutidos também. Leia sempre o rótulo, observe a quantidade de sódio, as vezes nem imaginamos o quanto de sal estamos ingerindo em um “pacotinho”.

Comida tem que ter tempero sim, mas sem exagerar no sal.

Diversos temperos naturais nos dão tudo o que precisamos na preparação, do sabor até o aroma, sem mesmo precisarmos usar o sal:

Todos esses temperos são naturais e fornecem um sabor muito agradável ao alimento. Pode abusar deles, use em tudo que for fazer.

Sal de ervas:

Bata tudo no liquidificador, depois coloque em um pote de vidro e use nas preparações.

Leia Também

Dicas de lanches saudáveis para as crianças na volta às aulas Com o fim das férias, as crianças voltam à rotina e começa a preocupação dos pais com a alimentação dos filhos. De acordo com o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), o número de crianças e adolescentes obesos no país já c...
A semente de melancia e seus benefícios A melancia é uma fruta consumida por muitos de nós. Além de ser deliciosa e refrescante, possui diversos nutrientes como potássio, fibras, proteínas, vitamina A, vitamina C, cálcio, ferro e magnésio. As sementes de melancia também são bené...
Benefícios da Moringa Moringa Oleífera (Moringaceae) é uma planta comum de regiões como Índia, Paquistão, África, Ásia, América do Sul e Central. A planta pode ser usada como suplemento dietético e vem sendo alvo de muitos estudos científicos. Possui vitaminas ...
Gostou? Então compartilhe este artigo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *