Benefícios do Painço

Eng.ª de Alimentos Evelyn Marssola CastroPor:
Categoria : Alimentos Funcionais, Produtos, Saúde | 24/02/2016 | 2 comentários

Print Friendly, PDF & Email

Já ouviu falar do painço (Panicummiliaceum)? Quem já ouviu deve lembrar imediatamente daquela semente que se dá para o passarinho. Aqui no Brasil, até o momento, essa era a maior utilidade dessa semente, mas as pesquisas científicas têm provado que a ingestão do painço pode trazer muitos benefícios para a nossa saúde. Cada vez é mais comum ouvir alguém falar que está consumindo o painço, seja no lugar do arroz, da farinha de trigo ou até mesmo para acompanhar uma salada ou iogurte.

Benefícios do Painço

Consumir o painço pode te ajudar a evitar muitas doenças, veja algumas delas:

Colesterol alto: algumas proteínas presentes no painço podem reduzir os níveis de colesterol (LDL – “mau colesterol”) no sangue. Da mesma forma atuam as fibras presentes na semente, como as β-glucanas.

Doenças cardiovasculares: além das proteínas diminuírem os níveis de colesterol LDL, elas aumentam os níveis do HDL, colesterol responsável por remover as moléculas de gordura do sangue. É rico em magnésio, essencial para o controle da pressão arterial e frequência cardíaca, além de conter os ômegas 6 e 9, também importantes para a saúde cardiovascular.

Diabetes: além de aumentar os níveis de adiponectina, um hormônio que regula a glicemia e a “quebra” de ácidos graxos (constituintes da gordura), reduz os níveis de glicose no sangue, bem como os níveis de insulina, que quando muito altos também podem prejudicar a saúde dos diabéticos.

Sistema nervoso: algumas proteínas presentes no painço como o glutamato, aspartato, serina, glicina e tirosina ajudam a melhorar o humor e a concentração, reduzem o cansaço mental e a ansiedade e ainda auxiliam a melhorar a memória e o aprendizado. Também é rico em alanina que está envolvida na produção do triptofano, um aminoácido essencial para o tratamento da depressão e ansiedade. Da mesma forma atua o magnésio, que ainda estimula a produção da serotonina.

Antioxidante: é rico em tocoferol (vitamina E), um poderoso antioxidante, como o ácido ferúlico que até previne contra o aparecimento de agentes cancerígenos pela exposição à luz UV (solar), além de prevenir o envelhecimento precoce da pele.

Outras boas notícias: o consumo do painço é muito indicado para praticantes de atividade física e vegetarianos. Possui alta concentração de proteínas, podendo chegar até 15% (mais do que as proteínas do feijão), nessas proteínas estão inclusas as chamadas BCAA (leucina, valina e isoleucina). Além das proteínas, é rico em vitaminas do complexo B como a B1, B2, B3 e B6.

Apesar da alta concentração de proteína, o consumo do painço é liberado para as pessoas celíacas, pois não contém glúten.

O aumento dos níveis de adiponectina também pode auxiliar no processo de perda de peso, uma vez que essa substância é essencial para regular vários processos metabólicos. Está sendo chamada, inclusive, de hormônio contra a obesidade, sendo até indicada como suplemento em muitos tratamentos de perda de peso.

Como Preparar o Painço

Para cozinhar o painço, deve-se primeiro lavar bem os grãos e descartar os que estiverem estragados. Depois cozinhar 3 partes de água para cada parte de painço por cerca de 30 minutos, até que toda a água seja absorvida. A seguir deve-se desligar o fogo e deixar o painço tampado durante 10 minutos.

Se os grãos forem postos de molho antes de serem cozidos, o tempo de cozimento passa de 30 para 10 minutos.

Pode ser utilizado como acompanhamento em saladas, com outros legumes ou como substituto do arroz.

Atenção: o painço possui concentrações de fenilalanina e pode prejudicar pessoas com doença fenilcetonúria, apesar das concentrações serem mínimas.

 

Referências:

CHANDRASEKARA, A; SHAHIDI, F. Content of insoluble boundphenolics in millet and their contribution to antioxidant capacity.J. Agric. Food Chem., v. 58, n. 11, p. 6706-6714, 2010. KALINOVÁ, J. Nutritionally important components of proso millet (PanicummiliaceumL.).Food, v.1, n.1, p.91-100, 2007. PARK, K-O; et al. Effects of dietary Korean proso-millet protein on plasma adiponectin, HDL cholesterol, insulin levels, and gene expression in obese type 2 diabetic mice. Biosc.Biotechnol.Biochem., v. 72, n. 11, p. 2918-2925, 2008. SHIMANUKI, S; NAGASAWA, T.; NISHIZAWA, N. Plasma HDL subfraction levels increase in rats fed proso-millet protein concentrate. Med. Sci. Monit., v.12, n. 7, 2006.

Leia Também

Lactase: como funciona e quem pode utilizar A lactase é uma enzima produzida em nosso intestino delgado e tem como função hidrolisar (quebrar) a lactose o chamado ‘açúcar do leite’. Vários estudos apontam que após o desmame, algumas populações se tornam mais propensas à redução da pr...
Creatina: saiba se você precisa e quais os benefícios para sua saúde ou atividad... A Creatina é uma substância composta por 3 aminoácidos: arginina, glicina e metionina que é produzida no fígado e no pâncreas e pode ser encontra em carnes vermelhas e peixes, em quantidades bem pequenas por sinal. Ela é responsável por fo...
Como escolher o sabonete ideal para você? Escolher um sabonete ao mesmo tempo em que parece uma decisão simples também requer cuidados. O primeiro deles é reconhecer o seu tipo de pele: Pele seca: é aquela pele que tem aparecia opaca (fosca) que costuma descamar. Tem mais p...
Gostou? Então compartilhe este artigo!

Comentário (2)

  1. postado por Sebastião Borges da Silva em 25/04/2016

    Muito interessante consumir painço. Mas como preparar para o consumo humano.?

    É cosido como o arros nosso de cada dia, batido em liquidificadoisr, enfim, eu gostei da idéia, más ensina pra gente de que modo vamos comer isso.

     

    NINO

     

    • postado por Relva Verde Produtos Naturais em 26/04/2016

      Olá Sebastião,

      O painço pode ser utilizado como acompanhamento em saladas, com outros legumes ou como substituto do arroz.

      Para cozinhar o painço, deve-se primeiro lavar bem os grãos e descartar os que estiverem estragados. Depois cozinhar 3 partes de água para cada parte de painço por cerca de 30 minutos, até que toda a água seja absorvida. A seguir deve-se desligar o fogo e deixar o painço tampado durante 10 minutos.

      Se os grãos forem postos de molho antes de serem cozidos, o tempo de cozimento passa de 30 para 10 minutos.

      Estamos à disposição 😉

       

       

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *