Cuidados com as unhas, os cabelos e a pele: previna-se com estes produtos naturais

Por:
Categoria : Produtos, Saúde | 18/08/2017 | Seja o 1º a comentar!

Print Friendly, PDF & Email

Pele, unhas e cabelos sofrem com a falta de vitaminas, minerais e proteínas, por isso é tão importante ficar atento à alimentação e aos sinais de deficiências nutricionais para garantir que estejam sempre saudáveis!

Unhas

As unhas são ótimos sinalizadores de deficiências nutricionais. Nutricionistas e dermatologistas apontam, por exemplo, que unhas quebradiças são sinais de deficiência de cálcio e ferro, manchas brancas sintomas de carência de zinco e selênio e ‘listras’ falta de vitaminas do complexo B.

Veja alguns nutrientes que são aliados de unhas fortes e saudáveis e onde encontra-los:

Queratina – a queratina é uma proteína secundária que é produzida pelo organismo a partir de 20 aminoácidos diferentes, esses aminoácidos podem ser obtidos através da alimentação (milho, arroz, centeio, soja, trigo, feijão, batata, grão de bico, couve, abacate, carne vermelha, peixes e ovos) ou suplementado através de produtos específicos como BCAA e Whey Protein.

Colágeno – o colágeno é fundamental para toda estrutura óssea, pele, cabelos e unhas, após os 30 anos a sua produção natural diminui, daí a necessidade da ingestão de colágeno hidrolisado para fornecimento de matéria prima para nosso organismo.

>> Colágeno: impossível viver sem

Zinco – o zinco auxilia retardando o envelhecimento precoce e é essencial para a produção da queratina pelo nosso organismo, ele pode ser encontrado em mariscos, ostras e na carne vermelha. Suas principais fontes vegetais são a quinoa e o amaranto, também pode ser consumido na forma de cápsulas.

>>Zinco: Benefícios extras para homens, gestantes e crianças

Vitaminas do Complexo B – essenciais para a produção de queratina, as vitaminas do complexo B estão presentes na lentilha, feijão branco, gérmen de trigo, amendoim, levedo de cerveja, castanhas e nozes e cereais integrais. Também podem ser ingeridas em cápsulas.

Vitamina C – é fundamental tanto para a produção de queratina quanto para a síntese de colágeno, pode ser obtida em frutas cítricas como laranja, acerola, goji berry ou consumida em cápsulas.

Silício – o silício também auxilia na biossíntese de colágeno, é um elemento fundamental para evitar a fragilidade e quebras das unhas. Pode ser encontrado na aveia, painço, cevada e também em cápsulas.

Pele

A pele sofre diversas agressões diariamente: raios UV, poluição, irritações, envelhecimento precoce, como ela está sempre se renovando é preciso ficar atento as suas necessidades nutricionais para garantir uma pele saudável e bonita.

Por isso separamos alguns produtos importantes, veja segundo o seu tipo de pele:

Para peles secas:

Óleo de borragem e óleo de prímula – ricos em Ômega 6 (GLA) melhoram a hidratação, redução da perda de água transepidermal em pacientes idosos, auxiliando no tratamento e redução das coceiras frequentes na pele de idosos, mesmo saudáveis.

Cacau – rico em polifenóis, auxilia na hidratação e circulação sanguínea da pele.

Para peles oleosas (com acne e rosácea)

Zinco – auxilia na cicatrização, evita o envelhecimento precoce e reduz infecções recorrentes (acne e rosácea). É encontrado nos mariscos, ostras, carne vermelha, quinoa, amaranto ou em cápsulas.

Ácido Fólico (Vitamina B9) – auxilia nos processos inflamatórios, na cicatrização e na renovação da pele. É encontrado na lentilha, feijão branco, gérmen de trigo, amendoim e também em cápsulas.

Vitamina E – ajuda a acelerar a cicatrização de ferimentos, é encontrada em óleos vegetais como óleo de linhaça, gérmen de trigo, óleo de gergelim, nozes, castanhas e em cápsulas.

Para peles sensíveis ao sol:

Carotenoides – atuam como fotoprotetor endógeno (protegem contra os raios UV), são os chamados protetores solares orais, é composto pelo betacaroteno, luteína e licopeno que são encontrados na cenoura, tomate, abóbora, manga, mamão ou nas cápsulas. Neste caso é preciso uso regular e frequente, pois seu efeito se dá a partir do acúmulo dos carotenoides sob a pele.

>>Betacaroteno O superpoder da natureza

Polifenóis – Os polifenóis da semente de uva reduzem a hiperpigmentação, atuando contra o melasma, os polifenóis presentes na romã (ácido elágico) atua como agente despigmentante e também como protetor solar, já os presentes no cacau contribuem para a fotoproteção endógena, além disso melhoram a circulação sanguínea da pele e a hidratação.

Pele Madura: (contra o envelhecimento precoce, marcas de expressão e rugas)

Isoflavonas – isoflavona de soja (melhora a elasticidade da pela em mulheres de meia idade, reduz significativa linhas finas).

Cartilagem de peixe (colágeno de peixe) – melhora a espessura e viscoelasticidade da pele.

Ômega 3 e Ômega 6 – Os ácidos graxos Ômega 3 (DHA e EPA) e Ômega 6 (GLA) auxiliam na prevenção do envelhecimento precoce, melhoram a hidratação da pele e promovem a cicatrização de feridas (inclusive acelerando a ‘morte’ de células malignas como o melanoma), presentem nos óleos de peixe, no óleo de prímula e no óleo e borragem também reduzem a coceira na pele que é comum mesmo na pele saudável de idosos.

Cabelos

Selênio – a deficiência de selênio está associada a perda de cabelos após a quimioterapia com cisplatina e também à perda de pigmentos do cabelo, conhecida como pseudo-albinismo.

>>Selênio: um mineral fundamental na prevenção do câncer para homens e mulheres

Silício – o silício também auxilia na biossíntese de colágeno, é um elemento fundamental para evitar a fragilidade e quebras das unhas. Pode ser encontrado na aveia, painço, cevada e também em cápsulas.

>>Cabelos, artérias e ossos mais forte com silício

Zinco – a deficiência de zinco reduz a produção de queratina enfraquecendo e diminuindo a velocidade de crescimento dos fios, também possui ligação com a queda de cabelos. Pode ser ingerido em cápsulas ou através da alimentação com mariscos, ostras, carne vermelha, quinoa e amaranto.

Vitamina A (Retinol) – atua promovendo o crescimento saudável dos fios, mantendo a hidratação, evitando assim que ele fique seco e quebradiço. É encontrada nos peixes, ovos, fígado e também nos alimentos ricos em betacaroteno (como cenoura), também pode ser ingerida em cápsulas.

Vitamina B3 (Niacina) – ajuda a aumentar a circulação sanguínea no couro cabeludo, mantendo os cabelos saudáveis, é encontrada nas aves, peixes, gérmen de trigo e em cápsulas.

Vitamina B5 (Ácido Pantotênico) – além de auxiliar na manutenção da cor natural é fundamental para evitar a queda de cabelos, é encontrada em cereais integrais, fígado, gema de ovo ou em cápsulas.

Vitamina B6 (Piridoxina) – auxilia na manutenção da cor do cabelo e sua deficiência também pode levar a queda dos fios. É encontrado no gérmen de trigo, soja ou em cápsulas.

Vitamina B7 (Biotina) – age diretamente no metabolismo de proteínas, sua ausência leva à queda de cabelos e enfraquecimento dos fios. É encontrada na gema de ovo, fígado, leite, fermento ou em cápsulas.

Vitamina B12 (Cobalamina) – a sua deficiência causa a perda de cabelos, ela é encontrada em carnes, peixes, aves e ovos, daí a importância da sua suplementação via cápsula por veganos e vegetarianos.

Vitamina C – atua na síntese do colágeno e auxilia a absorção de ferro e outras vitaminas, pode ser encontrado nas frutas cítricas como laranja, acerola e goji berry ou ainda em cápsulas.

Vitamina E – ajuda a prevenir cabelos brancos e queda de cabelo, pois mantém o fluxo sanguíneo no couro cabeludo. É encontrada nos óleos vegetais, avelãs, amêndoas, soja e também em cápsulas.

L-Carnitina – estudos apontam que a suplementação com L-carnitina apresenta efeito promotor de crescimento capilar e pode ser uma alternativa no controle da alopecia androgenética (calvície) e outras formas de queda capilar.

Antioxidantes – O chá verde e a uva (desidratada ou extrato) tem efeito importante na redução da queda de cabelos em mulheres.

Referências:

ANUNCIATO, T. P. Nutricosméticos. Dissertação de Mestrado em Ciências Farmacêuticas. Faculdade de ciências farmacêuticas de Ribeirão Preto. 2011.

SANTOS, Fábio César dos Santos. O papel do silício em nosso organismo. Revista BiotecDermocosméticos – Ano 1. N.03. 2009.

SCHLEIER, Rodolfo; GALITESI, Célia R. L.; FERREIRA, Esmeralda C. M. Silício e cálcio: uma abordagem antroposófica. Arte Médica Ampliada. Vol. 34. N. 3. Julho/Agosto/Setembro 2014.

VILLA, Ricardo. Et al. Oral SupplementationofSiliconand Its ImpactOnQualityofHair. In: 72nd CongressoftheSocietyofInvestigativeDermatology, 2012, Veneza. 72nd AnnualSociety for InvestigativeDermatologyMeeting Abstracts. London: Nature, 2012. v. 132. p. 104.

GONÇALVES, G. et al. BENEFÍCIOS DA INGESTÃO DE COLÁGENO PARA O ORGANISMO HUMANO. REB Vol. 8(2): 190-207, 2015

ADRIAENSSENS, K. SUPLEMENTAÇÃO DE COLÁGENO HIDROLISADO E SEU IMPACTO NO TRATAMENTO DE OSTEOARTRITE E REUMATOIDE: UMA REVISÃO DA LITERATURA. UniCEUB. Brasília. 2015.

VELOSA, A.; TEORODO, W.; YOSHINARI, N.. COLÁGENO NA CARTILAGEM OSTEOARTRÓTICA. RevBrasReumatol, v. 43, n. 3, p. 160-6, mai./jun., 2003.

PRESTES, R. et al. CARACTERIZAÇÃO DA FIBRA DE COLÁGENO, GELATINA E COLÁGENO HIDROLISADO. Revista Brasileira de Produtos Agroindustriais, Campina Grande, v.15, n.4, p.375-382, 2013.

Leia Também

Normas da ANVISA para alimentos alergênicos – III Nas semanas anteriores vimos as diferenças entre alergia e intolerância, em que a legislação é feita apenas para proteger as pessoas que apresentam essas doenças. Uma das doenças mais graves de alergia é chamada de doença celíaca, que pode ...
Normas da ANVISA para alimentos alergênicos – II No artigo anterior falamos um pouco sobre alergias e intolerâncias e começamos a falar das dietas sem glúten. Essa semana vamos nos aprofundar no assunto para você ficar craque e sair ajudando outras pessoas a entender sobre uma das legisla...
Normas da ANVISA para alimentos alergênicos – I Essa semana vamos falar de um assunto que está gerando muita polêmica: normas da ANVISA que influenciam diretamente na sua percepção do produto que está adquirindo. Uma delas é em relação ao conteúdo de glúten nos alimentos, mas antes vamo...
Gostou? Então compartilhe este artigo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *