Diferenças entre a farinha de trigo branca e a farinha de trigo integral

AvatarPor:
Categoria : Alimentos Funcionais, Saúde | 28/12/2018 | Seja o 1º a comentar!


Sempre nos perguntam qual a diferença entre farinha de trigo integral e farinha de trigo branca (ou comum), por isso preparamos este artigo especial, para esclarecer e te ajudar a escolher a melhor opção para suas receitas!

Sobre os tipos de farinha de trigo:

Farinha de trigo especial: Extraída da parte central do endosperma tem tonalidade mais clara e granulometria mais fina. Receitas feitas com essa farinha ficam bem macias, no caso de pães, o miolo fica mais claro e a casca mais lisa.

Farinha de trigo comum: também é extraída do endosperma, mas da parte exterior, é um pouco mais escura e mais grossa, ideal para massas, bolos e pães, que ficam com miolo um pouco mais escuro e casca menos lisa.

Farinha de trigo integral: é resultado da moagem do grão de trigo inteiro, isto é, casca, gérmen e endosperma. É nutricionalmente mais rica que as anteriores já que possui fibras e vitaminas que são ‘perdidos’ no processo de refinamento das farinhas brancas.

Farinha de semolina: há ainda a farinha de sêmola ou semolina, que é um subproduto da farinha de trigo branca.

Farinha de glúten: é uma farinha feita a partir da moagem do grão inteiro de trigo em que é adicionado o glúten (que é a proteína presente no endosperma do grão).

É justamente a presença do glúten (presente em maior quantidade nas farinhas brancas por serem feitas do endosperma) que permite que os pães, massas e bolos cresçam e se expandam com mais facilidade, produzindo alimentos mais macios e com sabor mais suave.

Veja abaixo como a farinha de glúten pode ser útil nas suas receitas!

E se eu estiver de dieta? Qual escolher?

Bom, neste caso precisamos pensar em qual o motivo da sua dieta, se for perder peso, a farinha integral tem a vantagem de possuir muito mais fibra, então é a melhor opção, mas não se esqueça que ambas possuem a mesma quantidade de calorias, ou seja, é melhor não abusar!

Se o caso da sua dieta é por conta de diabetes, é preciso ficar atento, tanto uma quanto a outra elevam a glicemia de forma rápida! Novamente a integral tem a vantagem de possuir fibras, que ajuda na digestão, nestes casos o recomendado é procurar por farinhas ‘low carb’ como as farinhas de amêndoas, farinha de coco, farinha de amendoim ou optar pela farinha de centeio.

Como substituir a farinha branca pela integral?

Tem várias formas de fazer a substituição, confira algumas dicas:

  1. Ajuste as quantidades: 240g de farinha branca = 180g de farinha integral
  2. Adicione mais líquido: como a farinha integral absorve mais líquido você deve adicionar um pouco mais de ingredientes líquidos, como água, leite ou suco de laranja (que ajuda a diminuir o amargor da farinha integral)
  3. Use as 2 em conjunto: você pode utilizar as 2 utilizando as proporções 2/3 de farinha branca com 1/3 de farinha integral ou 1/2 de farinha integral e 1/2 de farinha branca
  4. Farinha de Glúten: para tornar os pães integrais mais macios adicione uma colher de farinha de glúten à receita (considere 1 colher para cada 500g de farinha integral)
  5. Dê mais tempo à massa: pães com farinha integral precisam de mais tempo para descansar, experimente dar de 20 a 30 minutos antes de sová-lo
  6. Diminua a densidade da massa: reduza a quantidade de gorduras utilizando 20% menos manteiga/gordura vegetal
  7. Temperatura do forno: asse mais lentamente, assim a massa tem mais tempo para crescer ainda no forno.

Agora que você já sabe as diferenças entre a farinha branca e a integral, aprendeu alguns truques para obter receitas mais macias e ricas em fibras, passe em uma das nossas lojas físicas ou compre online em nossa loja virtual!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *