Glutamina: essencial para atletas e pacientes com câncer

Por:
Categoria : Produtos, Saúde | 30/08/2016 | Seja o 1º a comentar!

Print Friendly, PDF & Email

A glutamina é hoje considerada um aminoácido condicionalmente essencial, isso quer dizer que, apesar de ser “não essencial” já que pode ser produzido pelo nosso organismo, em algumas situações (condições físicas) ele se torna essencial, sendo necessária a suplementação oral.

As pesquisas científicas apontam duas grandes condições onde a suplementação por glutamina se tornam essenciais: (1) prática de atividades físicas intensas e prolongadas e (2) doenças que provocam estados catabólicos (que consomem massa muscular) como infecções, cirurgias e outras doenças como câncer, dengue, queimaduras, HIV, etc.

A glutamina está presente de forma abundante nos músculos e se faz presente de maneira fundamental também no plasma, sendo de fundamental importância para a síntese muscular e para o sistema imunológico, já que é uma das principais fontes energéticas dos linfócitos.

Tanto no caso de atividades físicas intensas como no tratamento de doenças como o câncer, nosso organismo não consegue produzir a quantidade suficiente de glutamina para suprir a demanda, causando a diminuição da massa muscular e a redução da resposta imunológica do organismo.

No caso de atletas como maratonistas, remadores e outros atletas com treino físico intenso, o consumo de glutamina pelos músculos se torna elevado, diminuindo o rendimento e provocando lesões musculares.

Pesquisas realizadas em pacientes com câncer demonstraram que alguns dias de tratamento com imunonutrição no pré-operatório já se tornam benéficos para reduzirem infecções no pós-operatório.

Os pacientes mais beneficiados pela suplementação com glutamina são os acometidos por câncer gastrointestinal, colorretal e do esôfago, já que a glutamina atua na proteção da barreira intestinal. Também há indícios dos benefícios da glutamina em pacientes transplantados de medula óssea.

Além de protetor do sistema imune, pacientes suplementados com glutamina apresentaram nas pesquisas aumento da massa corpórea. Alguns estudos apontam que a suplementação por glutamina durante processos de radioterapia e quimioterapia diminuem a ocorrência de mucosite oral grave, o que contribui também para a manutenção da ingestão alimentar e do estado nutricional dos pacientes.

Referências
MIRANDA, M.P; SOUZA, D.S. Glutamina na Prevenção e Tratamento da Mucosite em Pacientes Adultos Oncológicos: uma Revisão Sistemática da Literatura. Revista Brasileira de Cancerologia 2015; 61(3): 277-285.

NOVELLI, M.; STRUFALDI, M.B.; ROGERO, MM.; ROSSI, L. Suplementação de Glutamina Aplicada à Atividade Física. R. bras. Ci e Mov. 2007; 15(1): 109-117.

MASSAMBANI, E.M.; BAZOTTE, R.B.Importância da Glutamina na Terapia Nutricional. Arq. Ciênc. Saúde Unipar. 2 (3): Set/dez, 1998.

ABRAHÃO, S. A. B.; MACHADO, E.C. Suplementação de Glutamina no Tratamento de Pacientes com câncer: uma revisão bibliográfica. Estudos, Goiânia, v. 41, n. 2, p. 215-222, 1br./jun. 2014.

Leia Também

Arnica os benefícios e cuidados com o uso! A arnica é bem conhecida na medicina popular, fitoterápica e na homeopática, mas é justamente o fato de ser tão “conhecida” (e ao mesmo tempo DESCONHECIDA) que torna seu uso um risco! Ela é um dos fitoterápicos mais antigos, sendo sua indi...
Cozinha internacional? A sua pode ser! Veja mix de temperos de várias partes do ... Os temperos trazem sabores diferentes aos nossos pratos, eles aguçam nosso paladar e permitem que um prato simples se torne sofisticado e até internacional com algumas pitadas dos ingredientes certos! Mas como aproveitar todo esse potenc...
Verão, Sol e Calor! E a pele e cabelos ficam como? Desidratados ou oleosos! Vej... O verão (e as férias de verão) nos convidam a passear sob o sol, curtir as praias, piscinas e cachoeiras por esse Brasil lindo! Mas como fica nossa pele e nossos cabelos com essa exposição prolongada ao sol? Nos primeiros dias é tudo ótimo...
Gostou? Então compartilhe este artigo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *