Normas da ANVISA para alimentos alergênicos – I

Eng.ª de Alimentos Evelyn Marssola CastroPor:
Categoria : Saúde | 29/08/2017 | Seja o 1º a comentar!

Print Friendly, PDF & Email

Essa semana vamos falar de um assunto que está gerando muita polêmica: normas da ANVISA que influenciam diretamente na sua percepção do produto que está adquirindo.

Uma delas é em relação ao conteúdo de glúten nos alimentos, mas antes vamos conhecer melhor a razão pela qual a declaração de conteúdo de glúten e outros alergênicos são extremamente importantes.

Segundo o texto divulgado pela própria ANVISA, 30 a 50% dos casos de anafilaxia (reação alérgica grave) são decorrentes da ingestão de alimentos, para as crianças o caso é ainda mais grave, chegando a 80%. Ou seja, muitas pessoas correm risco de morte em razão de consumir alimentos que contenham algum elemento ao qual elas são alérgicas.

ATENÇÃO: alergia e intolerância são coisas completamente diferentes, mas os dois só podem ser diagnosticados por médicos e com auxílio de exames clínicos e laboratoriais.

A alergia é quando algum elemento causa reações graves no organismo da pessoa porque ataca o sistema imune e desencadeia várias reações como inchaço, reações na pele e sistema respiratório, manchas vermelhas e espirros recorrentes, e na forma mais grave, a obstrução das vias aéreas causando até a morte.

Já a intolerância é quando, ao ingerir um alimento, o trato gastrointestinal da pessoa não consegue digerir corretamente algum componente do alimento podendo causar incômodos e que a longo prazo podem trazer prejuízos à saúde, como má absorção de nutrientes e outros malefícios relacionados a um mau funcionamento do intestino.

As leis da ANVISA são referentes a apenas esses dois casos, sendo que a maior preocupação na aplicação das normas pelas indústrias e produtores de alimentos é em relação à ocorrência de anafilaxia, ou seja, alergia aguda ao alimento.

Dietas da moda com restrição de componentes do alimento não são importantes para a legislação e não são consideradas.

No próximo artigo vamos nos aprofundar no assunto sobre a doença celíaca e a legislação sobre o conteúdo de glúten nos alimentos.

Fique conectado e seja sempre um aliado da sua saúde e para isso conte sempre com a Relva Verde!

Leia Também

Normas da ANVISA para alimentos alergênicos – III Nas semanas anteriores vimos as diferenças entre alergia e intolerância, em que a legislação é feita apenas para proteger as pessoas que apresentam essas doenças. Uma das doenças mais graves de alergia é chamada de doença celíaca, que pode ...
Normas da ANVISA para alimentos alergênicos – II No artigo anterior falamos um pouco sobre alergias e intolerâncias e começamos a falar das dietas sem glúten. Essa semana vamos nos aprofundar no assunto para você ficar craque e sair ajudando outras pessoas a entender sobre uma das legisla...
Cuidados com as unhas, os cabelos e a pele: previna-se com estes produtos natura... Pele, unhas e cabelos sofrem com a falta de vitaminas, minerais e proteínas, por isso é tão importante ficar atento à alimentação e aos sinais de deficiências nutricionais para garantir que estejam sempre saudáveis! Unhas As unhas são óti...
Gostou? Então compartilhe este artigo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *