Os Benefícios dos Grãos Germinados

Por:
Categoria : Alimentos Funcionais, Saúde | 10/01/2012 | 10 comentários

Print Friendly, PDF & Email
Os benefícios dos grãos germinados

Diversas pesquisas têm mostrado a importância de consumir grãos in natura para se manter uma alimentação saudável. Os grãos como soja, semente de girassol, linhaça, trigo, gergelim, lentilha, feijão azuki e muitos outros, são ricos em fibras solúveis e insolúveis que ajudam a melhorar todo o processo digestivo, principalmente o intestino, ricos em vitaminas e minerais que fazem muito bem para todo o nosso organismo.

Todos os benefícios desses grãos podem aumentar em até 20 vezes depois de ter passado pela germinação trazendo ainda mais benefícios com o crescimento dos brotos. Mas o que é germinação?

  • Germinação é um processo no qual o grão começa a brotar novamente criando uma nova planta e por isso algumas pessoas chamam essa prática de alimentação viva. Tudo que você precisa para fazer a germinação em casa é água filtrada, tempo e os grãos integrais (com casca) de sua preferência.
  • Para germinar um grão basta colocá-lo de molho na água até que a casca se quebre e libere um broto (em torno de 12 horas), depois disso basta enxaguar os grãos germinados, deixar escorrer e deixar descansar; faça esse processo de manhã e à noite. Quando em repouso deixe os grãos cobertos com um pano limpo, em lugar sem a claridade do sol e ventilado. Assim que aparecer esse novo raminho do seu grão você já pode consumi-lo, mas se quiser que o broto fique maior e só repetir o processo de enxágue duas vezes ao dia por 6 dias.

Consumindo os grãos germinados você ganha uma resistência maior, se sente mais disposto aos afazeres cotidianos, fica com um metabolismo mais rápido, tem um funcionamento do intestino em dia e uma ótima notícia para os vegetarianos é que é uma excelente fonte de vitaminas do complexo B, muito importante para os músculos.

Você pode usar os grãos germinados em várias receitas: nas saladas, sucos, tortas doces e salgadas, misturados com iogurte e muitos outros. Uma ótima dica de lanche da tarde é uma mistura de grãos germinados como a semente de girassol, linhaça, trigo e amêndoa com um molho de iogurte natural com mostarda, sacia, tem poucas calorias, é extremamente saudável e delicioso.

Fique atento aos grãos, alguns podem germinar mais rápido que outros, por isso é sempre bom fazer a germinação com apenas um tipo de grão por vez.

Leia Também

O Rock também é do bem! Conheça roqueiros famosos que são vegetarianos ou vegano... Dia 13 de Julho é o Dia Mundial do Rock! E para comemorar trouxemos hoje um artigo especial para mostrar que o rock (todo rebelde) com seus músicos (tatuados) e suas letras pouco convencionais também é do...
Levedo de Cerveja “Desce Redondo” Para a Sua Saúde A cerveja todo mundo conhece, se ela desce mesmo redonda não vem ao caso nesse post, mas o que com certeza desce redondo para a sua saúde é o levedo de cerveja. Já ouviu falar? Se ainda não ouviu, passo...
Conheça os Benefícios da Berinjela Muito rico em minerais, vitaminas e princípios ativos extremamente importantes para a nossa saúde, o fruto berinjela, originário da Índia, tem sido objeto de muitos estudos quanto a sua eficácia em v&aa...
Gostou? Então compartilhe este artigo!

Comentário (10)

  1. postado por Monica em 16/01/2014

    Grãos germinados são fonte de B12? Que bacana…. Por favor poderia me encaminhar este artigo científico??

    • postado por Relva Verde Produtos Naturais em 17/01/2014

      Olá Monica! Segue o link do artigo, página 12: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/bitstream/doc/852529/1/pdo74.pdf Estamos à disposição! ;

      • postado por Simone em 16/02/2016

        Li o artigo da Embrapa, mas no artigo em nenhum momento é atestado sobre a quantidade de B12 presente no trigo germinado. Não há ainda estudos conclusivos para que germinados possam ser considerados fontes confiáveis de B12. Veganos devem ser responsáveis fazendo exames para verificar seus níveis de B12 e quando necessário suplementar com suplementos já atestados como fontes confiáveis.

        • postado por Relva Verde Produtos Naturais em 17/02/2016

          Olá Simone,

          Agradecemos seu comentário. Realmente a informação é que o trigo germinado é rico em vitaminas do complexo B, não especificamente a B12, já corrigimos no artigo também.

          Estamos à disposição 😉

  2. postado por Jeane Mara Queiroz em 27/10/2015

    Boa noite!!

     

    Eu já faco uso das sementes erminadas mas tenho uma dúvida. O feijão azuki e a soja podem ser consumido os grãos ou somente o broto.

     

    Grata,

    Jeane

  3. postado por guilherme em 14/02/2016

    Ola, estou com uma duvida, os grãos germinados(lentilhas, grão de bico, feijão, quinoa) devem ser cozidos após a germinação ??

    Eu costumo deixar 12 hrs de molho, depois entre 3 a 4 dias no pote ate germinar, mas devo cozinhar apos isso ?

    • postado por Relva Verde Produtos Naturais em 17/02/2016

      Olá Guilherme,

      A dieta crudívora, que consome os alimentos chamados vivos, ou germinados e fermentados, não recomenda o aquecimento desses alimentos a temperaturas maiores que 40ºC, porque acima dessa temperatura alguns nutrientes são perdidos e inativa enzimas que tornam os nutrientes mais fáceis de serem absorvidos pelo nosso organismo. Então para aproveitar bem os benefícios dos grãos germinados recomenda-se ingeri-los crus, mas não quer dizer que não possa cozinhar de vez em quando por questão de variar o cardápio e ter diferentes sabores, mesmo assim ele vai ter mais nutrientes que os grãos que não foram germinados.

      Estamos à disposição 😉

  4. postado por guilherme em 17/02/2016

    Obrigado pela resposta,

    mais uma dúvida, a lentilha o feijão moyashi(mungo) o feijao azuki, devem ser germinados até que saia aquela pequena radicula dele (1 a 2 dias), ou deve esperar sair as 2 primeiras folhas (5 a 6 dias), ou posso comer nos dois momentos ?? Pois cada lugar que leio fala uma coisa estou com muita duvida a respeito disso. obrigado

    • postado por Relva Verde Produtos Naturais em 19/02/2016

      Sim, os grãos germinados são indicados para pessoas com problemas gastrointestinais por algumas razões: a germinação causa alterações químicas no grão que facilitam a sua digestão e também a absorção dos nutrientes, além disso, faz com que os grãos produzam enzimas próprias que também ajudam na digestão; o processo de germinação também reduz compostos chamados antinutrientes que podem provocar irritação e lesão no estômago e intestino quando em grande quantidade. Essas transformações ocorrem em sua maioria num período de 8 a 16 horas (não há um tempo exato estudado para cada grão porque as variedades, uso de inseticidas, entre outros, pode influenciar no resultado), após esse período o grão já pode ser consumido com vários benefícios para o nosso organismo. Com esse período o grão é chamado germinado, ou seja, biologicamente ativo. Períodos mais longos são realizados para a produção de brotos, ou seja, novas plantas. Os brotos também podem ser consumidos, mas apresentam uma composição nutricional, sabor e textura diferentes.
      ATENÇÃO: para fazer o processo de brotamento é preciso ter muito cuidado com a higiene e sempre utilizar água potável com trocas e lavagens frequentes, pois o risco de contaminação é maior.
      Alguns estudos, como esse que sugerimos da Embrapa, tem demonstrado que quanto mais prolongado o tempo de germinação mais as proteínas são transformadas em aminoácidos livres que são melhor absorvidos pelo nosso organismo. Da mesma forma ocorre com as fibras. Conforme o tempo, também são reduzidas as quantidades de carboidratos como o amido.
      Por isso, a escolha do consumo dos grãos germinados ou dos grão com os brotos, na verdade, depende mais das suas intenções (se é só facilitar a digestão do grão e evitar problemas gastrointestinais ou consumir um alimento com mais nutrientes disponíveis para o nosso organismo), do seu tempo e disposição.
      O cozimento pode diminuir a quantidade de alguns nutrientes e acaba eliminando as enzimas que facilitam ainda mais a digestão do grão, por isso, muitas pessoas preferem consumi-los crus, mas cozinha-los pode ser uma boa alternativa para variar sabores e formas de consumir os germinados, além disso garante um alimento livre de possíveis contaminações.

      Estamos à disposição 😉

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *