Qual a Melhor Atividade Física Para a Sua Saúde? #3

AvatarPor:
Categoria : Alimentos Funcionais, Saúde | 17/09/2014 | Seja o 1º a comentar!

Qual a Melhor Atividade Física Para a Sua Saúde? #3


Nos artigos anteriores vimos o quão importante são as atividades físicas para o nosso organismo. É muito importante praticar exercícios físicos com o foco de melhorar a saúde. A prática por motivos apenas estéticos pode ser muito prejudicial à sua saúde física e mental, principalmente quando se passa a consumir suplementos e a seguir dietas radicais.

Para acabar com algumas dúvidas, vamos falar um pouco sobre os suplementos naturais que não fazem mal pra nossa saúde (nas quantidades corretas) e alimentos que podem ajudar a melhorar o fortalecimento dos músculos e dar mais energia e disposição durante os exercícios.

Primeiro você precisa pensar em qual tipo de atividade física você está realizando ou pretende começar. Alguns suplementos são apenas indicados para atividades de alta intensidade e devem ser consumidos com cautela.

Também é importante saber que existem diferentes tipos de suplementos, os nutricionais e os farmacológicos.
Os nutricionais são substâncias que são adicionadas na dieta e não devem ultrapassar a recomendação de ingestão diária, portanto, devem ser ingeridas por pessoas que não possuem todos os nutrientes necessários com a alimentação normal. Dentre eles estão as vitaminas, aminoácidos, metabólitos, constituintes e extratos.

Os mais comuns são:

Aminoácidos de cadeia ramificada (BCAA’s): auxiliam no ganho de massa muscular evitando o catabolismo (quando o corpo “consome” aminoácidos do músculo em busca de energia durante a atividade física), poupando glicogênio, retardando a fadiga e melhorando o sistema imunológico.

Concentrado proteico do soro de leite (WHEY): favorece o ganho de massa magra através do anabolismo muscular (processo de “construção” do tecido muscular).

Levedo de cerveja: complexo vitamínico B rico em proteínas que evita o catabolismo muscular.

Picolinato de cromo: com o aumento na atividade física nosso corpo elimina mais cromo e por isso deve ser suplementado (adicionado à dieta). Aumenta a massa magra e diminui a massa adiposa (gordura).

Albumina: é um tipo de proteína geralmente extraída do ovo, pasteurizada e comercializada em pó. Também auxilia na redução da ocorrência do catabolismo e auxilia na melhora da síntese proteica.

No próximo artigo vamos falar um pouco mais sobre os tipos de suplementos e benefícios que eles podem trazer para o nosso organismo, além de falar daquelas que fazem mal.

LEMBRE: cada corpo reage de uma forma e necessita de suplementações nutricionais específicas, sempre consulte um médico para obter a indicação de ingestão diária correta. Doses exageradas desses suplementos podem causar danos graves ao fígado, rins e alguns podem aumentar o risco de câncer e diabetes tipo 2.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *