Vitaminas B: fontes e funções

Por:
Categoria : Alimentos Funcionais, Saúde | 10/01/2014 | Seja o 1º a comentar!

Print Friendly, PDF & Email
Vitaminas B: fontes e funções

Nesse artigo vamos conhecer um pouco mais sobre as vitaminas B6 e B12. Essas vitaminas são essenciais para o nosso corpo, a primeira sendo muito importante para o nosso sistema nervoso e a segunda para a nossa musculatura.

•    Vitamina B6 – também conhecida como piridoxina, essa vitamina não é excretada pelos rins e fica retida no músculo auxiliando na síntese de proteínas. Também ajuda na formação da hemoglobina e promove um bom funcionamento de todo o sistema nervoso, sendo considerada antidepressiva. Além de todas essas funções, auxilia na prevenção de doenças cardiovasculares e torna a pele mais saudável.
– Ela pode ser encontrada em carnes vermelhas e peixes, porém os vegetarianos conseguem consumir essa vitamina através do levedo de cerveja, farelo de trigo, gérmen de trigo, aveia em flocos, banana, nozes, arroz e pães integrais e vegetais de folha verde.
– Por muitos alimentos conterem essa vitamina, a sua deficiência é rara, sendo mais comuns apenas em pessoas que consomem bebida alcoólica e mulheres com pré-eclâmpsia ou eclâmpsia. Alguns sintomas relacionados à falta dessa vitamina são depressão, arteriosclerose, T.P.M., asma, cálculos renais, náuseas e lesões de pele e boca.

•    Vitamina B12 –a cobalamina, como também é conhecida, é fundamental para todos os músculos do nosso organismo, sistema nervoso e saúde do sangue. Essa vitamina não é produzida no nosso corpo e por isso deve ser ingerida na alimentação ou através de suplementação. A dose diária que deve ser ingerida dessa vitamina segundo a FoodandNutritionalBoard é de 2,4 microgramas para adultos, 1,2 para crianças e 2,8 para gestantes e lactantes. Como é produzida por alguns microrganismos presentes em produtos de origem animal e poucos alimentos vegetais possuem essa vitamina, é extremamente importante para os vegetarianos realizarem a suplementação dessa vitamina evitando anemias, derrames e até mesmo doenças cardiovasculares. Novas pesquisas também testando a possibilidade de ingestão de doses mais altas dessa vitamina como tratamento para a depressão e outros distúrbios.
– É possível encontrar a vitamina B12 em alimentos de origem animal como fígado, coração, pescados (principalmente salmão), leite e ovos (em menor quantidade que nos outros). Mas também é possível encontrar essa vitamina na espirulina (alga), levedo de cerveja e alguns cereais que são enriquecidos com essa vitamina. Existem suplementos fármacos dessa vitamina que podem ser encontrados em comprimidos, xaropes ou até mesmo de forma injetável.
– A deficiência dessa vitamina pode ocasionar desordens neurais e menstruais, anemia, língua lisa e irritável, além da conhecida flacidez irritável.

DICA IMPORTANTE: pessoas que seguem as dietas ovolactovegetarianas e vegetarianas precisam ter muita atenção às concentrações das vitaminas do complexo B já que as fontes com maior concentração dessas vitaminas são alimentos de origem animal. Para isso é extremamente importante realizar exames que comprovem a deficiência dessas vitaminas e acompanhamento médico para a reposição dessa vitamina seja pela ingestão de algas ou suplementação.

No próximo artigo vamos conhecer a vitamina C que encerra com chave de ouro a nossa série sobre as vitaminas. Fique ligado no blog da Relva Verde e não perca mais essa informação vital para a sua saúde.

Leia Também

Normas da ANVISA para alimentos alergênicos – III Nas semanas anteriores vimos as diferenças entre alergia e intolerância, em que a legislação é feita apenas para proteger as pessoas que apresentam essas doenças. Uma das doenças mais graves de alergia é chamada de doença celíaca, que pode ...
Normas da ANVISA para alimentos alergênicos – II No artigo anterior falamos um pouco sobre alergias e intolerâncias e começamos a falar das dietas sem glúten. Essa semana vamos nos aprofundar no assunto para você ficar craque e sair ajudando outras pessoas a entender sobre uma das legisla...
Normas da ANVISA para alimentos alergênicos – I Essa semana vamos falar de um assunto que está gerando muita polêmica: normas da ANVISA que influenciam diretamente na sua percepção do produto que está adquirindo. Uma delas é em relação ao conteúdo de glúten nos alimentos, mas antes vamo...
Gostou? Então compartilhe este artigo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *